VHS no diagnóstico da COVID-19

A Velocidade de Hemossedimentação (VHS) ou Velocidade de Sedimentação de Eritrócitos (ESR), é um exame de sangue que auxilia na identificação de processos inflamatórios ou infecciosos.

Na COVID -19, uma das alterações laboratoriais que o paciente apresenta é o aumento da VHS em cerca de 15-85% dos casos.

A VHS realiza a medição da velocidade de separação entre o plasma e os glóbulos vermelhos pela ação da gravidade. Desta maneira, quando ocorre um processo inflamatório, são formadas proteínas que reduzem a viscosidade do sangue e aceleram o processo de sedimentação dos eritrócitos, tendo como resultado o aumento do VHS.


Fontes: 
https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-42302000000300008
https://www.tuasaude.com/exame-vhs/
https://newslab.com.br/alteracoes-laboratoriais-mais-frequentes-em-pacientes-com-covid-19/ 

 
© 2020 In Vitro Diagnóstica | Desenvolvido pela